sábado, 27 de junho de 2009

Amor, eterno amor

Este casal é formado pelo amigo e Irmão Luiz Luna e pela sua Maria de Fátima. Eles formam um par perfeito onde se completam em todos os aspectos. Sabemos que não cai uma folha que não tenha um propósito de Deus. Se eles não tivessem se encontrado nesta existência teriam que pedir a providencia Divina, uma outra oportunidade, através da reencarnação, para desta forma cumprir a missão do encontro transcendental. Veja adiante o poema " Amor,eterno amor" que Luna fez para Fátima. São por estas e outras que devemos acreditar que é possível transformar este mundo em algo melhor.


AMOR, ETERNO AMOR

A vida é bela, muito bela mesmo, basta querer enxergar...

Mas, confesso, a vida é mais bela quando temos alguém para amar

E como deve ser esse amor???

Qual o amor verdadeiro???

Talvez ninguém tenha uma resposta sensata, mas para quê???

Não importa as respostas, mas sim o que sentimos, vivenciamos

Queremos, cultivamos, plantamos e, lógico, sempre colhemos...

Pois, meu lindo amor, poético, romântico, sensual, amor

Ah, Maria, Jesus teve uma como mãe,

Deus deu-me como mulher

Te amo, te amo, te amo e tudo três vezes três, bênção dos céus

Que a vida seja sempre cultivada, o amor mais ainda colhido...

Acolhido em teus braços, saciado nos teus beijos, acalentado...

Acalentado no teu colo, no teu coração e em todo teu ser...

Ser, serei, sempre, teu, nosso, pensando, fazendo e amando...
Veja o blog do Luna: http://luizluna.zip.net/

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Paciência - Arnaldo Jabor


Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados muita gente iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia. Por muito pouco a madame que parece uma "lady" solta palavrões e berros que lembram as antigas "trabalhadoras do cais"...E o bem comportado executivo? O"cavalheiro" se transforma numa "besta selvagem" no trânsito que ele mesmo ajuda a tumultuar...Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido uma "mala sem alça". Aquela velha amiga uma "alça sem mala", o emprego uma tortura, a escola uma chatice. O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela. Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a cabeça, inconformado.Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso e ela deletou sem sequer ler o título, dizendo que era longo demais. Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem tempo para Deus. A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência sintética dos calmantes está cada vez mais em alta. Pergunte para alguém, que você saiba que é "ansioso demais" onde ele quer chegar? Qual é a finalidade de sua vida? Surpreenda- se com a falta de metas, com o vago de sua resposta. E você? Onde você quer chegar? Está correndo tanto para quê? Por quem? Seu coração vai agüentar? Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar? A empresa que você trabalha vai acabar? As pessoas que você ama vão parar? Será que você conseguiu ler até aqui? Respire... Acalme-se...O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do dia vai completar o seu giro ao redor do sol, com ou sem a sua paciência...

Fim do mundo

Ele deveria trabalhar no Senado, que lhe paga mensalmente, com gratificações, em torno de R$ 12 mil. Desde 2003, porém, dá expediente a sete quilômetros de distância, na residência da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), no Lago Sul, zona nobre de Brasília. É Amaury de Jesus Machado, 51 anos, conhecido como Secreta e funcionário efetivo do Senado. A revelação de que Machado é mordomo de Roseana, filha do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), foi publicada no sábado pelo jornal O Estado de S.Paulo e é mais um indício de que a Casa é usada para pagar despesas privadas de senadores. Secreta é uma espécie de faz-tudo, quase um agregado da família. Cuida dos serviços de copa e cozinha, distribui ordens aos funcionários e organiza as recepções que Roseana promove quando está na cidade. Na manhã de sexta-feira, a Agência Estado procurou o servidor na casa da governadora. O empregado que atendeu informou que ele estava havia 10 dias em São Paulo, acompanhando Roseana. Ela ficou até sexta-feira na capital paulista, onde passou por cirurgia para retirada de aneurisma. A reportagem falou por telefone com outros funcionários da casa e com amigos da família, que confirmaram a lotação privada do servidor. Por telefone, a governadora afirmou: — Ele é meu afilhado. Fui eu quem o trouxe do Maranhão. Ele vai à Casa quando preciso, uma duas ou três vezes por semana. É motorista noturno e é do Senado. E lá até ganha bem. No sábado, Roseana informou que não tem mordomo. "Na minha casa não existe mordomo. Nunca existiu", disse em nota enviada pela Secretaria de Comunicação do Maranhão. Ela diz ainda que Secreta sempre frequenta a sua casa: "Ele sempre vem a nossa casa, onde é recebido como qualquer outro amigo querido. Frequentou e vai frequentar minha casa". Procurador pedirá informações sobre servidor aos senadores Secreta é tão ligado a Roseana que chegou a ter filiação partidária. Assinou ficha no PFL quando a governadora ainda integrava o partido. Nos anos 90, ele esteve lotado no Departamento de Segurança e Transportes do Senado. Antigos colegas dizem que sua função era a de motorista, embora não se lembrem dele dirigindo os carros do Senado. O servidor trabalhou até no Palácio da Alvorada no governo Sarney (1985-1990). A lotação mais recente data de fevereiro de 2003. Logo após tomar posse como senadora, em 2003, Roseana puxou Machado para seu gabinete. O ato foi assinado pelo então diretor-geral da Casa, Agaciel Maia, em 21 de fevereiro. Técnico legislativo, ganhou função comissionada. Roseana deixou o Senado em abril, e muitos dos nomeados para assessorá-la foram mantidos oficialmente como assessores do senador Mauro Fecury (PMDB-MA), que assumiu a vaga. O procurador do Ministério Público Federal junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) Marinus Marsico vai pedir informações ao Senado sobre a situação de Machado.
SALÁRIOS:
Governador gaúcho - R$ 17,3 mil
Deputado federal - R$ 16,5 mil
Senador - R$ 16,5 mil
Juiz gaúcho (inicial) - R$ 15,4mil
Fiscal da Receita Federal - R$ 12,5 mil
Mordomo de Roseana - R$ 12,0 mil
Secretário do Estado do RS - R$ 11,5 mil
Presidente da República - R$ 11,4 mil
Ministro de Estado - R$ 10,7 mil
Agente de polícia federal - R$ 7,5 mil
Professor estadual gaúcho (20 hs) - R$ 1 mil
ZERO HORA

Fonte:http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18&section=Pol%C3%ADtica&newsID=a2554005.xml

sábado, 20 de junho de 2009

Tá passando - Graças a Deus


Lembro que na minha infância existia as quadrilhas de São João no bucólico bairro de Jaguaribe. Ia para casa de seu Oliveira que no terreno ao lado tinha uma palhoça, que se chovesse molhava tudo mas nem assim se parava, onde o trio de forró era contratado com uma antecedência de pelo menos seis meses. Meninas com vestido colorido e meninos com bigode pintado de carvão, camisa quadriculada e calça remendada no joelho. Luiz Gonzaga, Genival Lacerda,João Gonçalves, Trio nordestino, e, posteriormente, Alcimar Monteiro, Assisão, Jorge de Altinho, Eliane, Flávio José e outros mais da nossa cultura, que não sai da lembrança.


De um tempo pra cá observo bunda de forró, isso mesmo, não é banda de forró. É uma apelação sexual com musicas feitas só pra vender sem se preocupar com a cultura, com a família e com a memória. Calçinha furada, Avião do horror, Catemba de Coco, Sirí com Tody e outros bichos do mesmo nível.


Como diz Marilete, já vi o começo mas prefiro aguardar pra ver o fim. Já vi o sertanejo tomar o Brasil e agora se resume a importância que tem. Um dia o axé embalou até funerál e ta com a chama em decadência e pelo visto o defunto deste funeral é esse famigerado forró elétrico.


Escutei que Caruarú saiu na frente de Campina Grande e já tratou, para este São João, de fechar a porteira para os empresários das bundas de forró, pois foi uma grita geral a pedir que se voltasse às origens. Não tenho um gosto requintado e escuto de tudo. Gosto de ver criações, mente trabalhando e a caneta funcionando mas já estava na hora de se parar com essa loucura de rimar melão com mamão, calçinha com pracinha, coisas apenas para enricar empresário.


Façamos juntos uma reflexão e busque na sua memória um grande sucesso do Avião do Horror de quatro anos . Mas quem não se lembra de Asa Branca, Severina xique-xique, etc...?


Parabéns a organização dos festejos de Caruarú.
Viva a cultura popular nordestina!





terça-feira, 16 de junho de 2009

Com o tempo




Com o tempo...Você aprende que estar com alguém só porque esse alguém lhe oferece um bom futuro, significa que mais cedo ou mais tarde você irá querer voltar ao passado...






Com o tempo...Você se dará conta que casar só porque “está sozinho(a)”,é uma clara advertência de que o seu matrimônio será um fracasso...






Com o tempo...Você compreende que só quem é capaz de lhe amar com os seus defeitos, sem pretender mudar-lhe, é que pode lhe dar toda a felicidade que deseja...






Com o tempo...Você se dará conta de que se você está ao lado de uma pessoa só para não ficar sozinho(a), com certeza uma hora você vai desejar não voltar a vê-la...






Com o tempo...Você se dará conta de que os amigos verdadeiros valem mais do que qualquer montante de dinheiro...






Com o tempo...Você aprende que não são as pessoas que lhe decepciona,mas você que esperava demais delas...





Com o tempo...Você entende que os verdadeiros amigos se contam nos dedos, e que aquele que não luta para os ter, mais cedo ou mais tarde se verá rodeado unicamente de amizades falsas...






Com o tempo...Você aprende que as palavras ditas num momento de raiva, podem continuar a magoar a quem você disse, durante toda a vida...






Com o tempo...Você aprende que desculpar todos o fazem, mas perdoar, só as almas grandes o conseguem...






Com o tempo...Você compreende que se você feriu muito um amigo, provavelmente a amizade jamais será a mesma...




Com o tempo...Você se dá conta de que cada experiência vivida com cada pessoa, é irrepetível...






Com o tempo...Você se dá conta de que aquele que humilha ou despreza um ser humano,mais cedo ou mais tarde sofrerá as mesmas humilhações e desprezos, só que multiplicados...






Com o tempo...Você aprende a construir todos os seus caminhos hoje, porque o terreno de amanhã é demasiado incerto para fazer planos...






Com o tempo...Você compreende que apressar as coisas ou forçá-las para que aconteçam, fará com que no final não sejam como você esperava...






Com o tempo...Você se dará conta de que, na realidade, o melhor não era o futuro,mas sim o momento que estava vivendo naquele instante...






Com o tempo...Você aprende que tentar perdoar ou pedir perdão, dizer que ama, dizer que sente falta, dizer que precisa, dizer que quer ser amigo... junto de um caixão... deixa de fazer sentido...






Por isso, recorde sempre estas palavras:O homem torna-se velho muito rápido e sábio demasiado tarde.Exatamente quando:






JÁ NÃO HÁ TEMPO!

domingo, 14 de junho de 2009

Familia


Estes dias estava em família e me dei a oportunidade de fazer uma reflexão de como é bom saber viver esta instituição milenar.


Tenho hoje as pessoas com as quais sonhei ao meu lado. Simone a inteligente esposa que tem o dom de me fazer renascer sempre que sou tomado por algum sentimento menos nobre, mesmo que eu jogue labaredas para o lado dela. Casamos no século passado e constituímos uma união transcedental. Ela faz o que quer de mim eu eu ainda fico com aquele sentimento que quem manda sou eu. Confesso que sou uma tranqueira e para viver ao meu lado este tempo todo tem que gostar de verdade.



Marinho leva em frente, por sua conta, algumas das vontades que eu sempre tive. Começou a tocar violão e ainda bem que tem o gosto apurado. Esses dias estava tocando o Zé Ramalho. Já pedi pra ele aprender a "avhohai". Respeitador, sabe fazer como ninguém amizades e junta ao seu lado um exercito de aliados. Ele é um filho de ouro com uma memória incrível. Sempre empenhado nas coisas de seu interesse. Sabe priorizar as necessidades e não é, como eu, ansioso. Bem metódico nas ações. Consciente da sua importância dentro da nossa família é o meu grande amigo. Ele tem minhas virtudes mas não tem, graças a Deus, nenhum dos meus defeitos.


Birilda é meu bilelô. Menina linda de cabelo ao vento. Me faz reviver meus melhores dias. Ela tem o dom de me tirar do sério quando não come nada mas depois que dou a devida reprimenda eu fico com um remorso danado e começo a arrodear ela até que trocamos cheiros e tudo volta ao normal. Ela é um doce mas ninguem pise nos seus calos que recebe o troco na mesma hora. Tambem tem uma memória boa danada e nunca esquece as coisas que eu prometi fazer. Triste de mim se não chegar em casa com os bombons que disse que ia levar.


Escuto pessoas falarem que seus filhos são isso e aquilo. Que eles enquanto estiverem sob seus domínios, inclusive financeiro, devem satisfação,e, que quando forem morar em outro lugar podem fazer o quem bem pensarem. Confesso que isso me assusta. Tenho uma ligação com os meus que levarei até por sempre. Mesmo que eles tenham autonomia financeira, mesmo que morem em outro país, estarei sempre presente, inclusive em oração, pedindo a Deus que os abençoe, proteja e os guarde.


Familia... Que coisa boa!

terça-feira, 9 de junho de 2009

Existe a gripe suína ? - Parte II


Dia 30 de maio, portanto já se passaram 09 dias, postei aqui no blog minha dúvida sobre a temível e arrasadora gripe suína, onde questionava sobre sua existência e que na minha opinião era apenas uma tática maligna de um determinado laboratório para vender seus produtos, conforme ouvi em uma fila.


Pois é... Bastou o avião da Air France cair no mar e os olhares da mídia apontarem para o oceano que acabou o mal que iria exterminar os humanoides da superfície deste planeta. Não ví mais na tv algo de significante sobre a doença que o mundo devia temer. Não escutei nenhum espirro desesperador. Não teve um internamento sequer, com aquelas viroses de sempre, que merecesse a conotação da doença mortal.


Agora fica a pergunta que não quer calar.......


Ou a gripe é invenção mercadológica ou ela é uma atriz que precisa do Nelson Rubens para se tornar famosa. Qual das opções se encaixa melhor ? Faça sua avaliação!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

APESAR DE VOCE


Quando ainda morava em Alagoas, precisamente na Av. Rotary, Farol, Maceió, tinha a incumbência de trabalhar encabeçando dois escritórios de prestação de serviços de cobranças, e, lá, fazia de tudo um pouco. Analisava crédito, planejava ações,cobrava, representava a empresa em audiências, mas sempre me encantou conhecer pessoas e a natureza das mesmas e por isso sempre me dava bem no acerto de contratos para os escritórios da Capital e de Arapiraca. Certa vez e com a situação em águas de Brigadeiro, fui tomado de supetão por uma determinação que veio de cima pra baixo, dando conta que o meu maior contratante, inclusive em nível nacional e com mais de 290 lojas espalhadas de Brasil, iria modificar a forma de trabalho e navegaria contra a corrente da modernização, colocando um arrogante e inexperiente jovem, inclusive desequilibrado emocionalmente - coisa que só fui descobrir posteriormente - para comandar um exercito de prestadores de serviços, parceiros compromissados e com postura exemplar na labuta rotineira.


De tudo a dita criatura era contra...Se a ideia fosse boa, mas não tivesse a sua chancela tornava-se imprestável no ato. Era não pra lá, não pra cá, traição para lá e acolá. Na frente éra o amigão de todos os tempos mas, na surdina, ficava arquitetando como se dar bem em detrimento do sofrimento alheio. Contabilizava os louros da vitória e apontava com o dedo podre o erro do próximo. O cara se achava mais importante que o diretor da empresa. E pra falar com esta autoridade era um verdadeiro sacrifício. Tinha que marcar com antecedência e torcer para ele não mandar a secretária ligar desmarcando.


Até que um certo dia eu já esbafurido, no limite alem da tolerância, e como não sou de levar desaforo comigo, resolvi chutar o pau da barraca, indo de encontro ao magnânimo e lá fiquei sabendo que havia sido demitido ha pouco menos de meia hora. Que aquele ar arrogante e traidor tinha sufocado até os seus superiores, que cansaram de tanto ouvir reclamações dos outros funcionários no tocante a personalidade do bobão que achava ser rei.


Esta passagem me vem no pensamento sempre que vejo pessoas no "comando" de alguns setores e que se presumem superiores a humanidade, porem com desequilibrio cronico não conseguem viver sem ser teleguiadas por algo ou alguém. Sempre estão de um lado ou de outro mas nunca tem pensamento próprio. Passam sem fazer amizade, sem colecionar atitudes acertadas e não fazem aliados e no máximo o que conseguem é uma vitória de Pirro, que é aquela conseguida a custa de muito sacrifício que causa vez por outra, contra sí, um prejuízo incalculável. Ganha mas não leva ! Na vida tem que se entender que a gratidão é a mãe de todas as virtudes. Saber colecionar amizades como quem cultiva um jardim....Se voce não regar a planta vai murchar.


Lembro também da musica "APESAR DE VOCE" do sempre jovem Chico Buarque de Holanda que dedico a todos e todas que se vêem através do espelho de narciso e que passam pelos locais, e em alguns casos, pela própria vida , sem deixar saudades. Sábias foram as palavras do ilustre Tássio José ao passar o malhete do FSF ao inquestionável Jeffet Costa..."lembre-se que voce veio das fileiras e a elas um dia voce voltará"



**APESAR DE VOCE**




Amanhã vai ser outro dia

Hoje você é quem manda

Falou, tá falado

Não tem discussão, não.

A minha gente hoje anda

Falando de lado e olhando pro chão.Viu?

Você que inventou esse Estado

Inventou de inventar

Toda escuridão

Você que inventou o pecado

Esqueceu-se de inventar o perdão.

Apesar de você amanhã há de ser outro dia.

Eu pergunto a você onde vai se esconder

Da enorme euforia?

Como vai proibir

Quando o galo insistir em cantar?

Água nova brotando

E a gente se amando sem parar.

Quando chegar o momento

Esse meu sofrimento

Vou cobrar com juros. Juro!

Todo esse amor reprimido,

Esse grito contido,

Esse samba no escuro.

Você que inventou a tristeza

Agora tenha a fineza de “desinventar”.

Você vai pagar, e é dobrado,

Cada lágrima rolada

Nesse meu penar.

Apesar de você

Amanhã há de ser outro dia.

Ainda pago pra ver

O jardim florescer

Qual você não queria.

Você vai se amargar

Vendo o dia raiar

Sem lhe pedir licença.

E eu vou morrer de rir

E esse dia há de vir antes do que você pensa.

Apesar de você

Apesar de você

Amanhã há de ser outro dia.

Você vai ter que ver

A manhã renascer

E esbanjar poesia.

Como vai se explicar

Vendo o céu clarear, de repente,

Impunemente?

Como vai abafar

Nosso coro a cantar,

Na sua frente.

Apesar de você

Apesar de você

Amanhã há de ser outro dia.

Você vai se dar mal, etecétera e tal,La, laiá, la laiá, la laiá…….