sexta-feira, 31 de julho de 2009

Acácia Amarela / Gonzagão


Lembro como se hoje fosse... Estava prestes a ir assistir um show de Luz Gonzaga no Espaço cultural mas soube na véspera que havia sido cancelado devido ao seu precário estado de saúde. Pouco tempo depois faleceu e deixou orfãos todos os forrozeiros. A cultura popular nordestina deve muito a este homem simples que dentre muitas, escreveu a " Acacia Amarela" que qualifico uma das mais representativas canções deixadas pelo velho "Lua", levando inspiração a muita gente em toda superficie da terra. Abaixo poderá contemplar a canção da qual falo...







ACÁCIA AMARELA





Ela é tão linda é tão bela

Aquela acácia amarela

Que a minha casa tem

Aquela casa direita

Que é tão justa e perfeita

Onde eu me sinto tão bem

Sou um feliz operário

Onde aumento de salário

Não tem luta nem discórdia

Ali o mal é submerso

E o Grande Arquiteto do Universo

É harmonia, é concórdia

É harmonia, é concórdia.





Luiz Gonzaga e Orlando Silveira

Um comentário:

  1. Gonzagão! Tive a alegria de assitir seu último show em Campina Grande (PB). Ele já se apresentava sentado em razão do precário estado de saúde. Um amigo de Belo Horizonte me manou uma foto rara de Luiz Gonzaga numa Loja Maçonica.

    ResponderExcluir

Obrigado por expressar seu ponto de vista.