sábado, 24 de abril de 2010

Mudar Pra Quê?





Se eles fosse dos EUA, ou até mesmo do Sudeste, certamente estariam na mídia nacional, exaltados como merecem. Várias bandas tocam suas composições mas, poucos sabem que "Os Nonatos" são profissionais, de inteligência ímpar, radicados em João Pessoa e que possuem um programa semanal na TV.  Já escutei  musicas deles através de Aviões do Forró, Saia Rodada, etc...

Mudar Pra Quê?


Amar seus defeitos é minha virtude.
Eu mudo de casa, caso você mude.
Hímel não use sombra não coloque.
Seu rosto é perfeito, sem nenhum retoque.


Não mude de corte, nem pinte os cabelos.
Você faz moda, sem seguir modelos.
Aneís, pulseiras e brincos pra quê?
Você usa jóia, se a jóia é você.


Eu tenho medo de você mudar
E a outra pessoa não me apaixonar
Morro de medo de você mudar
E a outra pessoa não me apaixonar


Quem muda o caráter, muda a consciência.
É essencial manter a essência
Mesmo com arte, o artificial.
Não destroi o brilho, do que é natural.


Você tem algo, que só Deus explica.
Quanto mais simples, mais bonita fica.
Como foi ontem, que seja amanhã.
Eu nasci seu homem e vou morrer seu fã



http://www.osnonatos.com.br/

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Fogo Morto




Engraçado, é uma reclamação geral sobre falta  de emprego, dinheiro, violência, saúde deficitária, etc,etc,etc.. Todavia, não vejo ninguém falando sobre produção e o exagero de feriados, dias esses que o Brasil passa parado, uma verdadeira estagnação. Observe que não falei sobre  a aceleração e desaceleração. O que seria isto ? - Hoje por exemplo, 21/04/2010, estamos sem fazer absolutamente nada, mas desde ontem o paradeiro indica que amanhã e sexta-feira vai ser da mesma forma que hoje. Ou seja, terça,quarta,quinta e sexta-feira sem o país aquecer suas caldeiras. Um verdadeiro fogo morto, como diria o meu conterrâneo José Lins do Rego.

Oficialmente temos, acredito,  onze feriados em nível nacional mas certamente chegamos a mais de vinte quando somamos com Carnaval, dia da padroeira, dia fundação da cidade, dia disso e daquilo e olhe que não falei em aceleração e desaceleração. Certamente paramos mais de 30 dias. Uma beleza !

Alguém pode até me criticar mas prefiro razão consciente à insanidade preguiçosa. Nos países Asiáticos existem poucos feriados e se trabalha muito, mas a qualidade de vida  é bem superior a nossa.  Eles tem saúde, educação, segurança e vivem mais que nós. Sabem que trabalhando muito os filhos terão  qualidade que os proporcionam conforto e paz.

Não é que não gosto ou preciso de uma parada vez por outra, mas como dizia meu avô, "Tudo de mais é muito". Digo mais; Sou contra o feriado religioso... Já se foi o tempo em que tínhamos apenas uma religião. Já pensou se fossemos parar também no dia destinado aos Evangélicos,Espíritas, etc...  E, ainda por cima, tem um detalhe; No dia do feriado religioso vá nas igrejas e observará que quase todos os que não foram trabalhar  por conta do feriado santo estão na praia e outros tantos nos bares. Igreja que é bom, nada!





  •  01 de Janeiro - Confraternização universal
  • Carnaval (sempre numa terça, varia o dia dependendo do ano, em Fevereiro)
  • Paixão de Cristo (varia de acordo com o Carnaval, pode ser em Março ou Abril)
  • Tiradentes - 21 de Abril
  • 1º de maio - dia do trabalho
  • Corpus Chisti , em Junho
  •  7 de Setembro - Independencia do Brasil
  • 12 de Outubro - Consagração a Nossa Senhora
  • 2 de Novembro - Finados
  • 15 de Novembro (Proclamação da República)
  • 25 de Dezembro (Natal)

sábado, 17 de abril de 2010

Chão de estrelas



A música " CHÃO DE ESTRELAS" foi imortalizada por Silvio Caldas e Orestes Barbosa. Trata-se de uma verdadeira obra de arte que nem a ação deletéria do tempo consegue apagar.


Minha vida era um palco iluminado.
Eu vivia vestido de dourado
— Palhaço das perdidas ilusões.
Cheio dos guizos falsos da alegria,
Andei cantando a minha fantasia
Entre as palmas febris dos corações…

Meu barracão no morro do Salgueiro
Tinha o cantar alegre de um viveiro
— Foste a sonoridade que acabou…
E, hoje, quando do sol a claridade
Forra meu barracão, sinto saudade
Da mulher — pomba-rola que voou…

Nossas roupas comuns dependuradas
Na corda, qual bandeiras agitadas,
Pareciam um estranho festival:
Festas dos nossos trapos coloridos,
A mostrar que nos morros mal vestidos
É sempre Feriado Nacional!

A porta do barraco era sem trinco.
Mas a lua, furando o nosso zinco,
Salpicava de estrelas nosso chão…
Tu pisavas os astros, distraída,
Sem saber que a ventura desta vida
É a Cabrocha, o Luar e o Violão…

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Zona de Conforto – Porque sair dela?




Por que você deve sair da sua zona de conforto? Por que, se lá é tão quentinho e aconchegante? Eu lhe darei três boas razões:

A primeira razão é que você será obrigado a sair um dia, por mais que resista. Ninguém passa a vida inteira sem encontrar dificuldades. A incerteza é um fato da vida, a única coisa da qual podemos ter certeza.
Não temos que nos entregar a precipitações óbvias ou riscos derrotistas, mas podemos nos permitir correr riscos positivos em busca do crescimento e progresso.
Não podemos simplesmente optar por uma vida calma, sem nenhuma turbulência. Algum dia em algum lugar, algo nos fará passar por um teste para o qual não estaremos preparados e que gostaríamos não ter de enfrentar.
Corra riscos. Não espere sempre por uma garantia. Não temos de ouvir: “-Eu não disse?”. Depois de um erro, sacuda o pó e caminhe para o sucesso.

A segunda razão é que, como seres humanos, acredito que procuramos maneiras de nos refinar e melhorar. Temos, dentro de nós, a capacidade e o desejo poderoso de melhorar nosso protótipo. E só podemos fazer isso nos esforçando e testando. Experimente. Tente algo novo. Dê mais um passo.

Temos estado presos há muito tempo. Temos nos segurado há muito tempo.
Quando crianças, muitos de nós foram reprimidos do direito de experimentar. Como adultos não é diferente; continuamos nos privando deste direito.

Agora, é hora de experimentar. Permita-se provar coisas novas. Deixe-se tentar por algo novo. Sim, você cometerá erros, mas a partir desses erros você conhecerá quais são seus valores.
Algumas coisas não apreciaremos. Isso é bom, pois saberemos um pouco mais sobre quem somos e o que não gostamos.

Outras coisas nós apreciaremos. Elas funcionarão com nossos valores, com quem somos e contribuirão com a descoberta de coisas importantes e enriquecedoras para nossa vida.

A terceira razão pelo qual você deve sair da sua zona de conforto é simplesmente que sua vida se tornará muito mais interessante. Sei que você não quer uma vida monótona, previsível. Se quisesse não estaria lendo este artigo.

Quem leva uma vida segura e previsível nunca saberá que pessoa extraordinária realmente é. Torne desafiadoras as circunstâncias de sua vida para que sua grandeza possa subir à superfície.

Amor longo


" Amor longo é assim:
a gente esquece o começo
pra lembrar somente o fim."






* Ronaldo Cunha Lima

quinta-feira, 15 de abril de 2010

E por falar em saudade...



Lembrei do Spencer Hardman



E por falar em saudade, onde anda você?
Onde andam seus olhos, que a gente não vê?
Onde anda esse corpo,
Que me deixou morto de tanto prazer?
E por falar em beleza, onde anda a canção
Que se ouvia na noite dos bares de então?
Onde a gente ficava, onde a gente se amava
Em total solidão
Hoje eu saio na noite vazia,
Numa boemia sem razão de ser
Na rotina dos bares, que apesar dos pesares
Me trazem você
E por falar em paixão, em razão de viver
Você bem que podia me aparecer
Nesses mesmos lugares, na noite, nos bares
Onde anda você?

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Fim dos tempos ?





Desde muito pequeno escuto alguns supostos religiosos, quando querem colocar medo em alguem falar no final dos tempos e nos castigos de Deus. Fico me perguntando; Qual tempo vai acabar ? Como posso temer a Deus se sou seu filho? Como posso temer a quem sigo ? Como posso temer a quem amo? -  Antes de temer temos que repeitar. Não posso temer a quem respeito e sigo. Solicito sua atenção especial para que observe a seguir o que verdadeiramente podemos classificar como o final dos tempos. Se tiver o estômago fraco tome um sonrisal. 

Lamentavelmente, e graças a nossa imprensa, tenho observado muitos dos que pregam o medo aos incautos de boa fé, cairem por terra, diante da ganancia do ter acima de qualquer coisa. Padres pedófilos, Pastores ávidos por dinheiro. Já estamos vivendo o fim dos tempos mas o tempo moral, o tempo da vergonha, o tempo em que o homem de bem que trabalha para sustentar sua familia é assaltado por garotos que de uma forma ou de outra tiveram suas oportunidades de ser gente surrupiada por um politíco desonesto. Politico que anda de carrão com o ar ligado, paletó bem alinhado, que é chamado de doutor mas que no fundo é um malandro de primeira linha, escolado na universidade da impunidade. 

Abaixo o link onde a Deputada carioca, Cidinha Campos faz um desabafo sobre um "colega" que deseja ser Conselheiro do Tribunal de Contas daquele Estado. Ela chama o colega Deputado de pilantra, ladrão e formador de quadrilha.

Um outro video tá na internet sobre a igreja universal ( Link abaixo) 

E, finalizando, o repórter Roberto Cabrine apresentado um programa no SBT, ainda neste mes de abril/2010, sobre pedofilia de Padres em Arapicara-AL., uma vergonha!

Fim dos tempos?

sábado, 10 de abril de 2010

Salomão e sua sabedoria




O nome Salomão ou Shlomô (em hebraico: שלמה, deriva da raiz Shalom, que significa "paz", tem o significado de "Pacifico". Foi adicionalmente chamado de Jedidias (em árabe سليمان Sulayman) pelo profeta Natã, nome que em hebraico significa "Amado de IHVH". (II Samuel 12:24, 25)
Idealização do Templo de Salomão.
Foi quem ordenou a construção do Templo de Jerusalém, no seu 4.º ano, também conhecido como o Templo de Salomão, levado a efeito por Hiram Abiff, segundo a Bíblia, em Reis e em Crônicas. Depois disso, mandou construir um novo Palácio Real para o Sumo Sacerdote, o Palácio da Filha de Faraó, a Casa de Cedro do Líbano e o Pórtico das Colunas. A descrição do seu Trono era exemplar único em seus dias. Mandou construir fortes muralhas na cidade de Jerusalém, bem como diversas cidades fortificadas e torres de vigia.

Salomão se notabilizou pela sua grande sabedoria, prosperidade e riquezas abundantes, bem como um longo reinado sem guerras. É uma personagem bíblica envolta em muitos mitos e lendas extra-bíblicas. Foi após a sua morte, que ocorre o previsto cisma nas Tribos de Israel, originando o Reino de Judá (formado pelas 2 Tribos), ao Sul, e o Reino de Israel Setentrional (formado pelas 10 Tribos), ao Norte.

Reinado de Salomão


Existem diferentes datas para divisão do reino de Israel. Veja isso em Cronologia Bíblica.
Adonias, filho primogénito de David, proclamou-se pretendente ao Trono e sucessor de seu pai. Segundo os profetas, era da vontade Divina que o sucessor fosse Salomão, filho de David e Bate-Seba. Visto que Salomão não era o herdeiro imediato ao Trono, isso levou a intrigas e conspirações pelos partidários de Adonias. O direito de Salomão ao trono é assegurado mediante ação decidida de sua mãe, do Sumo Sacerdote Zadoque e do profeta Natã, com aprovação do idoso Rei David. Logo que se tornou rei, Salomão eliminou todos os conspiradores e consolidou o seu reinado.
Diferente de seu pai, Salomão não se tornou num líder guerreiro, e isso, não foi preciso. Soube manter a grande extensão territorial que herdara de seu pai. Mostrou, de acordo com a tradição judaica cristã, ser um grande governante e um juiz justo e imparcial. Soube habilmente desenvolver o comércio externo e da indústria, as relações diplomáticas com países vizinhos, o que levou a um progresso considerável das cidades israelitas.

Salomão casou com uma filha de Faraó (Anelise) e recebeu como dote de casamento a cidade cananéia de Gezar. Renovou a aliança comercial com Hirão, Rei de Tiro. Ficou conhecido por ter ordenado a construção do Templo de Jerusalém (também conhecido como o Templo de Salomão), no Monte Moriá. Isto ocorreu no seu 4º ano de reinado, exatamente no 480.º ano (479 anos completos mais alguns dias ou meses) após o Êxodo de Israel do Egipto. (Os historiadores e exegetas bíblicos consideram esta data como artificial, embora haja alguns biblistas que a consideram uma sincronização autêntica.) Após isso mandou construir fortes muralhas na cidade de Jerusalém, bem como mandou reconstruir fortificar diversas cidades fortificadas (como por exemplo, Megido, Bete-Seã, Hazor …) e construir cidades-armazém.

Salomão organizou uma nova estrutura administrativa, dividindo as terras em 12 distritos administrativos governados por funcionários nomeados diretamente pela administração central. No exército, deu especial importancia a cavalaria e aos carros de guerra. Dispunha no porto de Eziom-Geber, no Golfo de Aqaba de uma frota de navios comerciais de longo curso, chamados de "navios de Társis".

Segundo I Reis 11:3, Salomão tinha setecentas mulheres e trezentas concubinas, e "suas mulheres lhe perverteram o coração e o seu coração não era perfeito para com o SENHOR seu Deus, como o coração de Davi, seu pai.

Divisão do Reino

Com a sua morte, Roboão, seu filho, sucedeu-lhe no trono. Em vez de ouvir o conselho sábio dos anciãos das tribos de Israel para aliviar a carga tributária e os trabalhos compulsórios impostos por seu pai, ele mandou aumenta-los. Isso levou à rebelião das tribos setentrionais e à divisão do Reino em dois novos reinos: o Reino de Israel Setentrional (ou Reino das 10 Tribos, tendo como Rei Jeroboão I), e o Reino de Judá (tendo por capital Jerusalém e como rei, Roboão).

Tradição posterior

A tradição posterior imputaria a Salomão grande sabedoria e ao seu reinado o status de época áurea. Ele é considerado dentro da tradição judaico-cristã, como o homem mais sábio que já viveu até então. A Bíblia nos relata que no seu reinado diversos reis e governantes vinham a Israel fazer perguntas e receber conselhos do Rei Salomão, incluindo a rainha de Sabá. Durante os séculos posteriores, diversas obras de outros autores eram imputados a Salomão, para dar-lhes valor.

História do Bebê

A Salomão é atribuída a famosa história de que duas mulheres foram ao seu palácio. Duas mulheres tiveram filhos juntos, um dos filhos morreu e a mãe do que morreu, pegou a da outra mãe. De manhã, ela percebeu que aquele que tinha morrido não era seu filho e começaram a discutir. Foram até o palácio do Rei Salomão e contaram-lhe a história. Ele mandou chamar um dos guardas e lhe ordenou: "Corte o bebê ao meio e dê um pedaço para cada uma". Falado isso, uma das mães começou a chorar e disse: "Não, eu prefiro ver meu filho nos braços de outra do que morto nos meus", enquanto a outra disse: "Pra mim é justo". Salomão, reconhecendo a mãe na primeira mulher, mandou que lhe entregassem o filho. 1 Reis 3:16-28

Salomão na tradição islâmica

O Rei Salomão aparece no Corão com o nome de Sulaiman ou Suleiman. No Islão, é considerado como um profeta e um grande legislador da parte de Alá (Deus).

Salomão à luz da História e da Arqueologia

Até o presente, não há qualquer comprovação ou mesmo indícios significativos capazes de conferir autenticidade histórica à figura do rei Salomão, nem que Jerusalém tenha sido, por volta do século X a.C., o centro de um reino amplo e próspero, conforme descrito no Livro dos Reis. Ademais, tendo sido Salomão um rei famoso por sua sabedoria e riqueza (como mostrado na Bíblia), era de se esperar que seu nome fosse referido por outros povos daquela região, sobretudo pelos fenícios de Tiro, com quem o reino de Salomão manteria intenso comércio. A ausência de quaisquer achados arqueológicos dessa natureza parece indicar que Salomão é, na verdade, o símbolo de um passado glorioso (ainda que legendário) que a maioria dos povos antigos apreciava se atribuir.

 

Frases de Salomão


  • Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
  • Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
  • Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
  • Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
  • Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
  • Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
  • Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
  • Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.




Fonte:http://pt.wikipedia.org

quinta-feira, 8 de abril de 2010

21 de abril de 1985

 Eu, ainda novinho em folha, na plenitude dos meus 19 anos. Fui testemunha de um fato muito importante da nossa história recente.

O dia era um domingo, precisamente vinte e um de abril do ano de 1985 -  noite de domingo. O jornalista Antonio Brito ocupou em cadeia nacional as rádios e televisões para anunciar a notícia que o Brasil não queria ouvir, mesmo sabendo que o caso era gravissímo. Foi uma comoção danada.


Fazendo uma busca na memória, lembro do Dr. Tancredo chegando na Rua Duque de Caxias, altura do nº 100 , próximo a praça Barão do Rio Branco, antigo comitê do PMDB, acompanhado de alguns politícos de nome nacional. Lembro bem de Marco Maciel. - Eu trabalhava bem perto e como sempre gostei de me informar, fui logo observar o motivo de tanta gente em um canto só. A noite fui para o comicio. O palanque ficou na lagoa, e não cabia mais ninguem, onde hoje fica aquele memorial a Ariano Suassuna. Tempo bom, tempo de juventude que eu vivi e que não volta mais. 

Contudo, ficou o aprendizado e uma história pra contar.




"Lamento informar que o Excelentíssimo Senhor Presidente da República, Tancredo de Almeida Neves, faleceu esta noite no Instituto do Coração, às 10 horas e 23 minutos [...]."

terça-feira, 6 de abril de 2010

A SOPA DE LETRINHAS TÁ QUEBRANDO.

Tal qual um navio a deriva, borbulha que a sopa de letrinhas tá fundeando, inclusive com vários paraquedistas. Lembro como se hoje fosse que a mulher de humor negro chegava de preto, com óculos preto, no carro preto, de roupa da mesma cor e não dava um bom dia a ninguem. Era como se conseguisse viver sozinha no mundo. Como se fosse suficiente sua "inteligencia" miúda para caminhar ao meio de tantas  pessoas que pensavam e trabalhavam mais e melhor. 

Agora, resta apenas a piedade daqueles que foram perseguidos e injustiçados. 

E agora, José?

A festa acabou,

a luz apagou,

o povo sumiu,

a noite esfriou,

e agora, José?

e agora, Você?

Você que é sem nome,

que zomba dos outros,

Você que faz versos,

que ama, proptesta?

e agora, José?



Está sem mulher,

está sem discurso,

está sem carinho,

já não pode beber,

já não pode fumar,

cuspir já não pode,

a noite esfriou,

o dia não veio,

o bonde não veio,

o riso não veio,

não veio a utopia

e tudo acabou

e tudo fugiu

e tudo mofou,

e agora, José?



E agora, José?

sua doce palavra,

seu instante de febre,

sua gula e jejum,

sua biblioteca,

sua lavra de ouro,

seu terno de vidro,

sua incoerência,

seu ódio, - e agora?



Com a chave na mão

quer abrir a porta,

não existe porta;

quer morrer no mar,

mas o mar secou;

quer ir para Minas,

Minas não há mais.

José, e agora?



Se você gritasse,

se você gemesse,

se você tocasse,

a valsa vienense,

se você dormisse,

se você consasse,

se você morresse....

Mas você não morre,

você é duro, José!



Sozinho no escuro

qual bicho-do-mato,

sem teogonia,

sem parede nua

para se encostar,

sem cavalo preto

que fuja do galope,

você marcha, José!

José, para onde?

sábado, 3 de abril de 2010

Desde o século passado

Várias mulheres foram capazes de me suportar por tanto tempo. Dona Augusta, Dona Anunciada, Dêda, Marilete, Dui,Dinda,Lena,Celma, Nalva, Simone. A primeira da lista me deu a luz. A segunda me protegeu de tudo com muito amor e carinho. Da terceira a nona, todas me cercam de cuidados, atenção, orações e de todo bem nesta vida me querem muito. A última encontrei por acaso, ou não, em um desses atalhos que percorremos. Casamos em 31/07/1990, era uma terça-feira. Desde o século passado dou trabalho a esta criatura que parece ter vindo ao mundo para cuidar de mim e dos nossos belíssimos filhos.

"Hoje,aniversário dela
que é sinônimo de amor.
 Mãe de Bibi e Marinho
 e que por ela sentimos,
 aqui no coração, bem no cantinho,
um fervor danado, quase queimando,
chamado carinho." 


         Pela Luz Dos Olhos Teus(*)

Quando a luz dos olhos meus

E a luz dos olhos teus

Resolvem se encontrar

Ai, que bom que isso é, meu Deus

Que frio que me dá

O encontro desse olhar.



Mas se a luz dos olhos teus

Resiste aos olhos meus

Só pra me provocar

Meu amor, juro por Deus

Me sinto incendiar.



Meu amor, juro por Deus

Que a luz dos olhos meus

Já não pode esperar

Quero a luz dos olhos meus

Na luz dos olhos teus

Sem mais larirurá.



Pela luz dos olhos teus

Eu acho, meu amor

E só se pode achar

Que a luz dos olhos meus

Precisa se casar.
 
 
 
 
 
(*) Vinicius De Moraes

Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre, Esta é a Lei.


" O Homem "

  • Um certo dia um homem esteve aqui

    Tinha o olhar mais belo que já existiu

    Tinha no cantar uma oração.

    E no falar a mais linda canção que já se ouviu.



    Sua voz falava só de amor

    Todo gesto seu era de amor

    E paz, Ele trazia no coração.



    Ele pelos campos caminhou

    Subiu as montanhas e falou do amor maior.

    Fez a luz brilhar na escuridão

    O sol nascer em cada coração que compreendeu



    Que além da vida que se tem


    Existe uma outra vida além e assim...


    O renascer, morrer não é o fim.



    Tudo que aqui Ele deixou

    Não passou e vai sempre existir

    Flores nos lugares que pisou

    E o caminho certo pra seguir



    Eu sei que Ele um dia vai voltar

    E nos mesmos campos procurar o que plantou.

    E colher o que de bom nasceu

    Chorar pela semente que morreu sem florescer.



    Mas ainda é tempo de plantar

    Fazer dentro de si a flor do bem crescer

    Pra Lhe entregar

    Quando Ele aqui chegar



    Tudo que aqui Ele deixou

    Não passou e vai sempre existir

    Flores nos lugares que pisou

    E o caminho certo pra seguir



    Tudo que aqui Ele deixou

    Não passou e vai sempre existir

    Flores nos lugares que pisou

    E o caminho certo pra seguir

*Sucesso na voz de Roberto e Erasmo Carlos.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

A RODILHA E O POTE






Depois que Marilete me deu a primeira oportunidade profissional na vida, digo profissional pois duas existencias não dariam para pagar a ela e a Dui as gentilezas e ensinamentos que me proporcionaram, que tenho pautado minha trajetoria em procurar terminar o que comecei. Seguir adiante mesmo quando tudo indica que não seguirá, mesmo que esteja cansado. É o caminhar com a vontada de espírito mesmo quando o corpo não obedece aos comandos do cérebro. Sempre fui um pouco alem para provar a mim mesmo que posso, que devo e que posso superar as marcas já atingidas.

Faço como um jogador na final de copa do mundo. Já nos penaltis, após a prorrogação, onde a técnica é superada pela garra e o jogador se marcar o gol terá alcançado o êxito para todo um povo. Naquele momento o atleta se concentra e bate na bola com toda a força no meio do gol. Os gritos da torcida vão indicar se foi dentro ou fora, tendo em vista que os seus olhos se encontram fechados. Técnica nem passou perto deste ato, tudo estava planejado desde o inicio da partida. Apenas a garra e a interminável vontade de vencer indicam que o pote deve ser segurado firmemente pois a rodilha foi colocada na cabeça..

Na Limpmaster estamos de parabéns... Metas alcançadas, parcerias interessantes com fornecedores , novos colegas de trabalho e outros que estão chegando. Contudo, não se pode esquecer a velha  humildade de sempre, os ensinamentos do Professor Marins e a alegria de viver do José de Alencar. 

Uma lição de Divaldo Suruagy que foi Governador de Alagoas; Todo mundo é importante na medida que executa corretamente sua tarefa.