terça-feira, 22 de outubro de 2013

FIGUEIREDO E ONDE JOÃO HAVELANGE PODIA ENFIAR A COPA DO MUNDO...


O dia em que João Figueiredo mandou Havelange enfiar a Copa onde ele quisesse...?


(João Baptista Figueiredo governou o Brasil entre 1979 e 1985)


O Havelange ofereceu a Copa do Mundo no Brasil e o presidente lhe respondeu: “Você conhece uma favela do Rio de Janeiro? Você já viu a seca do nordeste? E você acha que eu vou gastar dinheiro com estádio de futebol?”.

Eu sabia deste episódio, mas estava meio esquecido.

É isso aí. Os brasileiros, odeiam gente que usam fardas. Se quem usa farda é honesto, então o ódio aumenta. O General Figueiredo foi um dos homens mais inteligentes dos que passaram pela AMAM, mas sabem como é, brasileiro gosta mesmo é de analfabeto, se for esperto, melhor ainda.

Figueiredo morreu com o mesmo patrimônio que tinha anos antes de ser presidente. Já o que se diz metalúrgico, está milionário, o filho dele também está milionário. O "pai dos pobres", esperto como ele só, percebeu que a Copa do Mundo seria um filé para quem não tem escrúpulos.

Pobre Brasil. No passado diziam que o Brasil era o País do futuro. De um futuro que nunca chegava. Hoje podemos dizer: O Brasil é um País sem futuro.

Para quem acha exagero nisso, eu pergunto: Um povo que despreza gente inteligente e honesta, e prefere gente que se orgulha de ser analfabeto e esperto, espera que futuro?

PS:Copiado do Acesso Parnaíba

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

CONFLITO DE GERAÇÕES




Falando sobre conflitos de gerações, o médico inglês Ronald Gibson começou uma conferência citando quatro frases:

  • "A nossa juventude adora o luxo, é mal-educada, despreza a autoridade e não tem o menor respeito pelos mais velhos. Os nossos filhos hoje são verdadeiros tiranos. Eles não se levantam quando uma pessoa idosa entra, respondem aos pais e são simplesmente maus."

  • "Não tenho mais nenhuma esperança no futuro do nosso país se a juventude de hoje tomar o poder amanhã, porque esta juventude é insuportável, desenfreada, simplesmente horrível."

  • "O nosso mundo atingiu o seu ponto crítico. Os filhos não ouvem mais os pais. O fim do mundo não pode estar muito longe."

  • "Esta juventude está estragada até ao fundo do coração. Os jovens são maus e preguiçosos. Eles nunca serão como a juventude de antigamente... A juventude de hoje não será capaz de manter a nossa cultura."

Após ter lido as quatro citações, ficou muito satisfeito com a aprovação que os espectadores davam às frases.

Então, revelou a origem delas:


- a primeira é de Sócrates (470-399 a.C.)

- a segunda é de Hesíodo (720 a.C.)

- a terceira é de um sacerdote do ano 2000 a.C.

- a quarta estava escrita em um vaso de argila descoberto nas ruínas da Babilônia e tem mais de 4000 anos de existência. 



Fantástico!! Não mudou nada!!


sábado, 12 de outubro de 2013

O PEDINTE E O CELULAR DE ÚLTIMA GERAÇÃO



Na orla de João Pessoa, como em todas as cidades do mundo, sempre tem pedintes, mas a diferença agora é a classe social de quem pede. Antes, víamos pobres, pessoas que realmente precisam, e que a ajuda dada faz grande diferença.  

Agora, são jovens de cabelo bem cortado, calças levadas e engomadas, as vezes mostrando a grife, celular caro e alguns de última geração. Esses dias vão ter até máquina de cartão de crédito.

Pedem em nome da igreja, de uma viagem, de um congresso, de tanta coisa, mas todas as semanas são sempre os mesmos. São tantos que os pedintes de outrora já sentiram o espaço invadido e sumiram para outras esquinas. Afinal, ninguém baixava mais o vidro do carro para fazer doação a quem não tinha tomado três banhos por dia e precisava cortar o cabelo.

Essa turma que anda pedindo semanalmente é a mesma que lota as casas de show nos finais de semana.  A título de sugestão; eles podiam pegar as roupas e equipamentos em desuso nas suas próprias casas e fazer um brecho. 

Esses dias vai ter uma greve dos verdadeiros pedintes cobrando da Prefeitura o espaço que utilizavam.  

domingo, 6 de outubro de 2013

PRAGA DE GAFANHOTOS PADRÃO FIFA

 



Os trabalhadores em greve e o Partido dos Trabalhadores finge que não está acontecendo nada.

Bancos, Correios, o brasileiro passando por uma situação vexatória e quem devia intermediar, colocar o dedo na ferida, não se mexe pra nada.

Ontem passou no Jornal Nacional que tem obras do PAC 1 que nem do papel saiu e já estão desviando as verbas do PAC 2, que é outra situação de causar náusea.

Estádios lindos e de primeiro mundo, padrão FIFA, mas os hospitais estão cheios de equipamentos ultrapassados, em desuso na Europa, Asia, e até nos EUA.

Um dia o pai da mentira e do mensalão (Luiz Inácio Lulla da Silva) disse que acabaria com a sede do sertanejo nem que fosse com uma lata d´água na cabeça. A transposição do Rio São Francisco se arrasta no padrão TRAMBIQUE. Foi mais uma bravata.

O brasileiro honesto mendiga tudo que paga, através dos impostos,  para ter direito.

Estamos sobrevivendo a uma praga de gafanhotos que se faz necessário ser exterminada nas urnas em 2014.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

POLÍTICA PUTREFADA



Essa mudança de partido, por parte dos políticos, na undécima hora que a Lei permite não é por outra situação a não ser a sobrevivência nas tetas do erário, seja de qual lado for. Ninguém ouse pensar que politico profissional pensa no povo ou no bem comum. Eles estão sempre procurando uma boquinha através de lei do menor esforço. 

No Brasil existem mais de trinta siglas partidárias, mas elas atuam apenas em duas formas. O que é oposição e está querendo entrar no poder e o que é situação e pretende continuar sendo. O resto é balela!

Eu fico rindo quando vejo este tipo de cidadão falando que ama o povo, mas fico triste quando percebo que tem quem acredita. 

A arte da política no Brasil transformou-se em carne putrefada, onde o horror supera a imaginação e o boato é menor que a realidade.

Não se iluda...

terça-feira, 1 de outubro de 2013

O MUNDO NUM CLICK




No exato momento que dei print no blog, estava recebendo visita de internautas de dois Países. Fui acessado do Japão e dos Estados Unidos. Observando melhor, verifico que em pouco menos de um mês já fui visto em todos os continentes. 

Para muitos é pouco, mas para este despretensioso pouco letrado é muito.