domingo, 28 de dezembro de 2014

UM DESVIO PRÁ LÁ DE DEUS ME LIVRE

Há um desvio de percurso, sentido Seixas/Tambaú, no girador da Estação Ciências que é necessário por conta do deslizamento da barreira do Cabo Branco. Entretanto, a Prefeitura de João Pessoa resolveu jogar quem antes andava num asfalto de qualidade numa verdadeira viagem de mal gosto. Se trafega por uma rua de barro cheia de pedras e buracos, poeira, onde não se dirige acima dos 20 km por hora e ainda tem quebra-mola, como se precisasse. É mato dos lados e uma casa aqui e outra acolá. Imagino o risco de passar ali de noite. Sr Prefeito Luciano Cartaxo, se coloque no lugar de um turista, até de um contribuinte local, e me responda uma pergunta; qual nota o senhor daria para aquele arranjo que ja dura mais de mês?


sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

PARA REFLETIR


A física quântica diz que após compreendermos o teorema de Pitágoras e analisarmos o calendário que recebemos do rapaz que vende prestação na porta de casa, amanhã será o último sábado de 2014.
Entendeu?


quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

DARCY RIBEIRO: MENSAGEM DE NATAL



“Fracassei em tudo o que tentei na vida.
 Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui. 
Tentei salvar os índios, não consegui. 
Tentei fazer uma universidade séria e fracassei.
 Tentei fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente e fracassei. 
Mas os fracassos são minhas vitórias.

 Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu”


O grande Darcy Ribeiro, autor das palavras acima, gostava de dizer que se orgulhava de suas derrotas.


terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Anunciada anunciou-se:

Anunciada anunciou-se:
-"Estou aqui, meu filho, sempre a cuidar de ti."
Sonhar ainda é possível!

domingo, 21 de dezembro de 2014

MMA: E DEPOIS VAMOS FALAR EM PAZ E AMOR

Eu até achava estranho quem escrevia "em tão é natal", mas o que devo pensar sobre os aplausos, vibração e torcida para as lutas de MMA? Ah! sei, é um esporte onde um homem vai bater no outro, podendo, inclusive, haver fratura e óbito.



quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

MINHA MOÇA BONITA


Hoje o dia é dela, mas a felicidade é minha.

sábado, 13 de dezembro de 2014

ESPELHO, ESPELHO MEU...

Vocês já perceberam que todo mundo é lindo e perfeito no facebook? Moças mostram o batom e o busto. Já os rapazes, o braço forte é o passaporte da beleza. Até fazem pose com óculos para parecerem sérios e responsáveis. E tome espelho!. Mas me digam uma coisa: como é esse povo em casa? Como eles tratam papai e mamãe no aconchego do lar?
Complicado, né não?

domingo, 30 de novembro de 2014

JÁ ROUBARAM A LUZ DO FIM DO TÚNEL?



Hélder, com tristeza vi dois vídeos esses dias no YouTube: o primeiro, dava conta de como se constrói ferrovias na Europa. O segundo, de como se coloca canos para estação de esgoto, esse não sei em qual País. Tudo com máquinas específicas e numa rapidez incrível. Uma rua com 500 metros tem a escavação feita em dois dias. A ferrovia oito km por semana. Ai eu pergunto; por que não é assim aqui também? Falta dinheiro? Aqui, amigos undergroundianos, faltam homens públicos honestos e sobra malandragem. Por mais que queira rir disso tudo, tenho pena de mim. Como diria Manoel Bandeira: - "Vou-me embora pra Pasárgada"

sábado, 29 de novembro de 2014

NOSSA SENHORA DA PENHA, OLHAI POR NÓS...


Hoje à noite cerca de quatrocentos mil fiéis seguirão em procissão ao Santuário de Nossa Senhora da Penha. Partirão da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes num percurso de 15 km. Muitos renovarão pedidos e outros agradecerão por graças recebidas, mas o fundamental é a caminhada em busca do aumento da fé. A humanidade precisa se aproximar do Eterno!

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

FOI SEM QUERER QUERENDO



BLACK FRIDAY: CUIDADO!

Quase a totalidade dos preços são remarcados e oferecem o desconto sobre um valor irreal. Em conta mesmo só a bucha do estoque. Que ninguém compre o desnecessário ou se deixe enganar.


quarta-feira, 26 de novembro de 2014

BRASIL, UM PAÍS COTÓ.

Atentem bem: a unica punição que a operação Lava-Jato poderá impor será a de desligar o hidrômetro deste trabalhador da foto. O Brasil é o paraíso dos ricos. E se estivéssemos num País onde o roubo fosse punido com um braço decepado?


terça-feira, 18 de novembro de 2014

ACABOU-SE O QUE ERA DOCE


Tem como sentir saudades de uma época em que não se viveu? Lendo um texto de Tião Lucena eu fui aremessado às historias de Spencer Hartmann quando o escutava na Rádio Tabajara. Aquela voz aveludada transcrevia tão bem algumas situações sobre nossa João Pessoa e suas personalidades que até parecia que eu tinha sido testemunha ocular dos fatos que ele contava. A vinheta do programa ja era um convite a começar escutando e terminar por dormir nas páginas musicais dos cantores de outrora. Aqueles que ja partiram para o desconhecido que me aguarda adiante.
Tempo de ouro; do respeito, da palavra única, do fio do bigode, da amizade sem interesse, da família unida na mesa...
Pois é! Sinto falta de em tempo que não vivi.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

TUDO PASSA



Por onde anda aquele menino que um dia fui? Não tinha compromisso com nada e muitas foram as orientações. Algumas segui e outras não. Neste caso perdi mais que ganhei. Num piscar de olhos e o tempo passou. O que me mata é essa minha bendita memória. ..


sábado, 1 de novembro de 2014

MORRO UMA FRAÇÃO DO INTEIRO QUE VOU FINDAR

Da ação deletéria da vida ninguém escapa. Amanhã é dia dos que já foram pra onde eu vou também. Só queria que Deus me desse a possibilidade de reencontrar muita gente boa que me fez um bem danado e que a ausência me aperreia. Bem, nesta vida só se morre uma vez, mas quando paro e lembro dos meus que partiram, morro uma fração do inteiro que vou findar.


segunda-feira, 27 de outubro de 2014

COMBATI O BOM COMBATE

Foi uma caminhada importante, onde o acirramento entra na história do Estado. Venceu o projeto edificado por obras e apoderamento do povo. Muitos perdem amizades por conta da política, mas eu ganhei. A democracia une pessoas, mesmo que elas estejam em posições diferentes. Foi bacana!

2016 tem mais...


quinta-feira, 23 de outubro de 2014

RICARDO COM VENEZIANO. CÁSSIO COM O OLHO GRANDE QUE SÓ VIU VISAGEM.

Tinha uma parceria com Ricardo Coutinho, mas preferiu se deixar seduzir pelos próprios desejos, em detrimento do crescimento do Estado. Era pra ter paciência, cumprir o acordado, e aguardar sua vez, onde seria apoiado. Esse era o trato! 

Traiu e ganhou de brinde três confusões grandes. Perderá no próximo dia 26. Em 2016 assistirá as chaves da Prefeitura de Campina Grande ser passada de Romero para um adversário e, para fechar com chave de ouro, aplaudirá, da plateia, é claro, um Vital ser empossado no Palácio da Redenção em 2018.


sexta-feira, 17 de outubro de 2014

"O PASSADO É UMA ROUPA QUE NÃO NOS SERVE MAIS"

Na música Velha roupa colorida, Belchior diz que: "o passado é uma roupa que não nos serve mais". É chegada a hora da Paraíba se libertar daquele que a proporcionou a sua maior mídia negativa dos últimos tempos. Quando Cássio Cunha Lima teve o seu segundo mantado interrompido pela Justiça, por improbidade administrativa, o nosso Estado aparecia de palmo em palmo em tudo que era veiculo de comunicação. Fomos achincalhados por todos os lados. Tudo era motivo de mangação. Até parecia que todos nós tínhamos culpa daquela situação negativa que o Governador da época nos enfiou de garganta abaixo. Hoje, 17/10/2014, saiu a mais nova pesquisa do IBOPE, e, nela, tem números tranquilizadores para todos aqueles que estão comprometidos com seu José e dona Maria, anônimos do povo que precisam de um Estado que olhe para os filhos seus e que não privilegia oligarquia alguma.


quinta-feira, 16 de outubro de 2014

QUEM LEMBRA DESSA GARAPA?

Mas me diga mesmo: tem como chamar de bom gestor quem proporcionou ao servidor do Estado da Paraíba esta pequenina fila? Era pra fazer empréstimo para receber o próprio 13° salário. Ou fazia ou ia comer marroque na ceia da noite de natal.


segunda-feira, 13 de outubro de 2014

PARAIBA - ELEIÇÕES 2014: A MAIOR AUTORIDADE É O EXEMPLO



Acabou o tempo em que conversa bonita enchia bucho. 

Alguns ainda se deixam enganar, mas nada melhor que o tempo, o senhor da razão, para provar que nada supera o talento e o trabalho. Sou de João Pessoa, nunca trabalhei pro Estado e na minha família não há comissionados, mas me sinto na obrigação de informar aos menos avisados sobre o quase nada que Cássio fez por aqui e da transformação que Ricardo proporcionou em nossa Capital. O Governador é destemido, incansável e determinado ao trabalho.

Paraibanos, meus conterrâneos, não se deixem enganar por quem já governou o Estado e foi um péssimo exemplo de gestor público, e, que terminou sendo expurgado do cargo por determinação da mais alta câmara da Justiça brasileira.

Abram o olho!!!

sábado, 11 de outubro de 2014

POR QUÊ VOTO EM RICARDO COUTINHO?



Eis o motivo: É que onde só haviam promessas, hoje, há asfalto ligando o passado ao futuro.
Trabalhar é preciso!

domingo, 17 de agosto de 2014

COMÍCIO EM BECO ESTREITO


Um Estado onde os temas principais que fomentam a mídia são cadáveres e política de muro baixo, ainda vai penar muito para chegar no nível das promessas eleitoreiras. 
No YouTube tem um vídeo com título "Comício em beco estreito. É do Jessier Quirino e retrata bem este período obscuro que estamos passando.



quinta-feira, 31 de julho de 2014

sábado, 26 de julho de 2014

O VOTO CONSCIENTE

O povo precisa votar com a razão. 

Ver o histórico do candidato, se é de história limpa, se já prometeu e não cumpriu, se já se envolveu com escândalos, etc. Escolher por promessa, por beijo, por abraço é pra chorar depois. Olhe o passado político e não se deixe enganar. Afinal, emoção fica pra futebol e escolas de samba. Política, apesar de poucos pensarem assim, é coisa séria e sinaliza bastante sobre o futuro de todos nós. Depois não adianta reclamar se Inês é morta.


segunda-feira, 30 de junho de 2014

MOCIDADE, ADEUS!



Você deixa o óculos de grau em algum lugar, sem o qual não consegue ler absolutamente nada, e depois não sabe onde foi. Daí você roda a casa toda e descobre que sua esposa está usando e pensa que é o dela.

É bacana passar dos quinze anos em família.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

ELBA E A VOLTA PRO ACONCHEGO



Elba Ramalho é uma extraordinária artista e todos os seus shows são de extremo bom gosto e o de ontem, aqui em João Pessoa, também foi. Tudo muito bacana, mas quando ela cantou "de volta pro meu aconchego" chega me deu o nó no pensamento. Esse posicionamento dela, contrario a transposição do Rio São Francisco, é complicado de entender. Sei das origens dela e ela sabe o sofrimento do sertanejo, até porque é daquela região sofrida, seca e sedenta.

Como compreender?

quarta-feira, 4 de junho de 2014

“DUVIDEI DA EXISTÊNCIA DE DEUS”


Guardei este pedaço da página 83 da Revista Veja por quase 15 anos. Na época, apesar de toda dificuldade que tinha para digerir as atitudes políticas de ACM, vi um pai desesperado pela ausência inesperada do filho. Esses dias revendo alguns livros encontrei a matéria e repasso para leitura. A vida é um sopro! (ACM: * 04/09/1927   + 20/07/2007 = LEM: *16/03/1955  + 21/04/1998).


“DUVIDEI DA EXISTÊNCIA DE DEUS”

“Foi pelo movimento nos corredores que eu notei que havia acontecido alguma coisa incomum. O Bernardino (Tranchesi, cardiologista) veio suado, correndo. Dizia: estamos fazendo isso, estamos tentando aquilo. Nem os médicos esperavam que acontecesse. Tanto que me convidaram para assistir a operação. Eu não quis. Não tive coragem. As quatro vezes que conversei com meu filho foi entrando e saindo do quarto. Falamos sobre coisas normais, coisas de sempre. Se soubesse, acho que teria me agarrado a ele, beijando-o. Penso que ele teve um pouco de consciência do que iria acontecer. Era muito alegre e, no hospital, não sorriu nem uma vez. Eu o provoquei, agradei-o, fiquei passando a mão no seu rosto.  Disse que ele tiraria aquilo de letra. Mas ele não sorria.

Eu e Luís Eduardo éramos a mesma coisa. Éramos irmãos, pai e filho, amigos. Tudo o que a humanidade pode ter de bom nós tínhamos na nossa relação. Ele pensava por mim, eu pensava por ele. Sempre foi o filho mais colado a mim, o que me acompanhava, o que queria viver a minha vida. Desde pequeno. Tenho muitas lembranças. Nós veraneávamos em Madre de Deus, o que é uma praia perto de Salvador. Lembro-me dele brincando no mar. Mais tarde, dele aprendendo a dirigir, pegando o corro antes da hora, escondido de mim. Ficava bravo. Mas ele tinha um jeito especial de transformar minha raiva em carinho. Me dobrava. Ai vieram aqueles momentos no hospital: a correria, o desespero, o rosto dele enrijecido no caixão.

Nunca pude imaginar que meu filho fosse antes de mim. Ele ficou quarenta dias me assistindo quando fiquei enfermo do coração. Ajudou a me salvar. E eu, em quatro horas o perdi. Fiquei me torturando, imaginando se poderia ter feito algo diferente. Se tivéssemos ficado em São Paulo naquela noite teria sido melhor? Se tivéssemos ido à Bahia, não a Brasília? Isso ficou na minha cabeça, rondando. Noites inteiras. Só senti um pouco de alívio depois que procurei especialistas e todos disseram que o caso de Luís Eduardo não tinha salvação. Ouvi médicos do Brasil inteiro. Saía com exames do meu filho na mão, mostrando a todo mundo.

Quando uma coisa dessas acontece, você começa a descrer de Deus. Eu duvidei da existência de Deus. Porque os desígnios de Deus não podem ir até esse ponto. Conversei com dom Eugênio (Sales, arcebispo do Rio de janeiro), ele restabeleceu um pouco a minha fé.  Mas só em parte, porque sempre fica alguma coisa, embora reze toda noite pelo meu filho.  A verdade é que eu não me conformei, não me conformo. Não há minuto que eu não viva isso, não há dia que eu não sofra, não há noite que eu não chore. Não há hipótese. As coisas pra mim ser tornaram pequenas. De modo que eu cumpro o meu dever e não tenho deter  medo de nada. Já perdi o que tinha de melhor. Nada pode me doer mais. Eu já tive o pior. Estou anestesiado.”


sábado, 24 de maio de 2014

A RIFA DA SACANAGEM E O FUTURO ADVOGADO


Ah, o futuro. ...

Essa rifa que envolve alguns estudantes de uma universidade particular de João Pessoa, onde o prêmio é uma noitada num motel com uma prostituta, diz bem como serão os profissionais do futuro.

Como tudo que é ruim pode piorar, quem organizou tudo são futuros operadores do Direito.

Deus nos acuda!


quinta-feira, 1 de maio de 2014

O BOLSA FAMÍLIA E A PUTA CULTURA



Ontem, a Presidenta Dilma anunciou em cadeia Nacional que o Bolsa Família, aquele programa que tirou muitos brasileiros da linha da miséria e os levou para classe média, conforme as pesquisas divulgadas pelo Governo Federal, vai ter um aumento de 10%, índice superior ao que foi corrigido o salario mínimo. Hoje, leio nos portais de João Pessoa que a Prefeitura vai lançar o projeto PUTA CULTURA, com alvo nas prostitutas da rua da areia, baixo meretrício da Capital de todos os seres viventes na Paraíba.

Fiquei com duas dúvidas: Por que o Bolsa Família foi reajustado acima do salário mínimo do trabalhador e, por sua vez, onde tem cultura nos prostíbulos daquela rua enladeirada? 

É o fim...

quinta-feira, 17 de abril de 2014

A LITERATURA DE LUTO


Detentor do Prêmio Nobel de Literatura, Gabriel Garcia Márquez, se foi, faleceu. Nos deixará em "Cem anos de solidão" e com esses poetas do funk, forró de plástico, e sertanejo universitário. Como diz o Arlindo Corrêa: oremos!

domingo, 13 de abril de 2014

O TEMPO E O VENTO



Muitas vezes em meio a raios e trovões, observando a abóbada celeste e pedindo direcionamento ao Grande Arquiteto do Universo, que é Deus, em noites intermináveis, entre Ele e eu só o Cruzeiro do Sul, parece até aproximar-se o ocaso da vida, mas uma inspiração derradeira pede curvar o corpo para a ventania passar.
A resiliência é a chave que abre o caminho para o céu azul de Ernando.
Tudo passa!

domingo, 30 de março de 2014

CRUZE DA CHERVOLET - 2014 - POR R$39.420,00

CRUZE DA CHERVOLET - 2014 - POR R$39.420,00 mas tem que ir buscar nos EUA. No Brasil nós pagamos, apenas, R$72.090,00 - Veja imagens abaixo que copiei dos sites da Chevrolet brasileira e americana. O que pagamos de imposto chega ser uma indecência.

É mole ou quer mais?

Clique e veja o site americano...Clique e veja o site americano



sábado, 29 de março de 2014

CHEGA DE BLÁ BLÁ BLÁ E VAMOS AO QUE INTERESSA




Pronto, todo mundo já teceu comentários sobre as bobagens que um funcionário da Avianca fez no seu Facebook, onde foi preconceituoso, ignorante, e arrogante. Usou seu destempero pra reclamar sobre o serviço de um restaurante e terminou por se melar todo, ofendendo o Nordeste e os nordestinos.

Já li pronunciamento da empresa aérea e um pedido de desculpa no co-piloto. O rapaz teve um apagão de caráter que custou caro pra ele.Tudo certo!

Agora, queria ver a mesma intensidade, a mesma vontade de reclamar e de botar a boca no mundo, para encostar na parede os políticos que vivem de enganar o povo, os que vivem há décadas nas tetas do erário, os que amam o povo pobre, mas que tomam banho de álcool depois que pedem voto numa favela, os que não cumprem promessas, os que fazem acordo que até Deus duvida...

Quem vai?

domingo, 16 de março de 2014

OS FILHOS DE JANDIRA



"No país que ostenta incríveis 26 assassinatos a cada 100 mil habitantes, que arquiva mais de 80% de inquéritos de homicídio e sofre de violência endêmica, a atitude dos vingadores é até compreensível. O Estado é omisso, a polícia é desmoralizada, a Justiça é falha. O que resta ao cidadão de bem que, ainda por cima, foi desarmado? Se defender, é claro"

O leitor amigo assinaria embaixo disso que foi dito aí em cima? Tenha cuidado ao responder. A jornalista paraibana Rachel Sheherazade está sendo processada por ter dito isso. Uma deputada federal de nome Jandira Feghali, lá do Rio de Janeiro, entrou com uma representação contra a jornalista no Ministério Público Federal, acusando-a de incitar o crime e a violência com essa frase. Uma frase que mora na boca e no coração de todo brasileiro ansioso por uma vida de paz, sem bandidos à sua porta apontando-lhe a arma e tirando-lhe a vida.

Mas para a deputada comunista, falar a verdade é crime. Bom mesmo é ver e calar, como ela tem feito ao longo de sua vida pública, representando a cidade mais violenta do Brasil.

Jandira se doeu e se condoeu porque Rachel disse essas palavras ao se referir ao menor infrator, preso por populares, espancado e amarrado a um poste enquanto esperava a chegada da polícia carioca. O menor estava assaltando e ameaçando os cidadãos de bem com uma arma. Cansados de tanto morrer, os populares foram pra cima do bandido. A polícia chegou, levou o menor e dois dias depois o devolveu às ruas. E o resultado: o rapaz voltou a assaltar no centro do Rio.

Dona Jandira certamente desconhece a violência das ruas. E se conhece, se beneficia dela. Quem sabe se seus redutos eleitorais não residem nos morros cariocas, de onde partem os bandidos para matar e traficar? Claro que nos morros moram pessoas honestas. Estas sofrem e se revoltam com a violência, e decerto não estão processando a jornalista do SBT.

Não duvide, o leitor, de uma represália forte à jornalista. O Ministério Público com certeza vai abrir o processo contra ela e a justiça poderá condená-la por incitação ao crime. Se isso acontecer, vou defender a criação de uma Ong, a ser presidida por Jandira, se possível instalada na casa dela, para onde deverão ser encaminhados todos os assaltantes, traficantes, estupradores e assassinos do Brasil. O nome da Ong? Por que não “Os Filhos de Jandira”?

Texto copiado do Blog do Tião Lucena

segunda-feira, 3 de março de 2014

QUEM BOA AVE-MARIA FAZ ...

"Não troco o domingo no sossego do meu lar por programa nenhum. Cada um fazendo o que gosta e todos juntos".


- Todos os créditos são destinados a Wagner () que aproveitou os dias do carnaval para ficar junto aos seus. A festa mudou bastante e está sendo um verdadeiro Deus nos acuda a forma que muitos se divertem neste período. Nesta imagem cabem vários comentários, mas tem um provérbio popular que cai como uma luva..... " Quem boa Ave-Maria faz, em sua casa está em paz"



sábado, 1 de março de 2014

ONDE TEM SEGURANÇA NO BRASIL?

A Paraíba está violenta, assim como todos os outros Estados, cidades, vilas, distritos e lugarejos deste nosso Brasil. O problema maior da segurança pública é a droga.

Mais de 95% dos homicídios tem o cheiro da fumaça do crack, e o que faz o Governo Federal para resolver, tentar minorar até, esta situação? Construiu estádios pra Copa do Mundo!

A Polícia Militar é vítima de um processo que qualifico como "operação enxuga gelo". Prendem e apreendem, mas não tem e não terá solução enquanto não existir o zelo da governanta (por enquanto) em resolver, ferir de morte esta situação absurda.

Nas esquinas são apreendidas 100 miseras pedras de crack, mas as fronteiras do Brasil continuam convidativas para toneladas que entram sem pedir licença alguma. Entenderam que essa conta nunca vai zerar? 


Alguém aponta um local seguro no Brasil? 


sábado, 15 de fevereiro de 2014

"PENA QUE TENHAMOS POUCO TEMPO PARA BRINCAR"

CARTA QUE O APRESENTADOR FLÁVIO CAVALCANTI (1923-1986) ESCREVEU A SEU NETO


Pelo que você já me disse com o seu sotaque de anjo, percebo que você me considera uma criança grandona e desajeitada, e me acha, mesmo assim, seu melhor companheiro de brinquedos.

Pena que tenhamos tão pouco tempo para brincar, tão pouco porque só sei brincar de passado, e você só sabe brincar de futuro. E ainda estarei brincando de recordação quando você começar a brincar de esperança.

Mas antes que termine o nosso recreio juntos, antes que eu me torne apenas um retrato na parede, uma referência do meu genro, ou quem sabe até uma lágrima de minha filha, quero lhe dizer meu neto, que vale a pena.

Vale a pena crescer e estudar. Vale a pena conhecer pessoas, ter namoradas, sofrer ingratidões, chorar algumas decepções. E, a despeito de tudo isso, ir renovando todos os dias a sua fé e a bondade essencial da criatura humana, e o seu deslumbramento diante da vida.

Vale a pena verificar que não há trabalho que não traga sua recompensa; que não há livro que não traga ensinamentos; que os amigos têm mais para dar que os inimigos para tirar; que se formos bons observadores, aprenderemos tanto com a obra do sábio quanto com a vida do ignorante.

Vale a pena casar e ter filhos. Filhos, que nos escravizaram com o seu amor.

Vale a pena viver nesses assombrosos tempos modernos, em que milagres acontecem ao virar de um botão; em que se pode telefonar da Terra para a Lua; lançar sondas espaciais, máquinas pensantes à fronteira de outros mundos, e descobrir na humildade que toda essa maravilha tecnológica não consegue, entretanto, atrasar ou adiantar um segundo sequer a chegada da primavera.

Vale a pena, meu neto, mesmo quando você descobrir que tudo isso que estou tentando ensinar é de pouca valia, porque a teoria não substitui a prática, e cada um tem que aprender por si mesmo que o fogo queima, que o vinagre amarga, que o espinho fere, e que o pessimismo não resolve rigorosamente nada.

Vale a pena, até mesmo, envelhecer como eu e ter um neto como você, que me devolveu a infância.

Vale a pena, ainda que eu parta cedo e a sua lembrança de mim se torne vaga. Mas, quando os outros disserem coisas boas de seus avós, quero que você diga de mim, simplesmente isso: 

“Meu avô foi aquele que me disse que valia a pena. E não é que ele tinha razão?!”


- PS: Lembro da passagem do Flávio Cavalcanti na TV Bandeirantes, onde o Brasil inteiro parou para ver e concorrer em um sorteiro promovido pelo Guaraná Antarctica. Foi sorteado em pleno palco um avião bimotor. Sim, no meu caso, trocarei o substantivo masculino NETO por FILHO(A).

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

UPA OU ESTÁDIO PRA COPA, QUAL A PRIORIDADE DO GOVERNO?




Passou hoje no Bom Dia Brasil, imagens do dinheiro público jogado na sarjeta. Várias UPAs prontas que nunca foram entregues à população ou que apenas foram inauguradas para cortar fita, fazer discurso, ou tirar fotografia para passar no guia eleitoral.

Em várias, ainda não utilizadas pelo povo, faltam equipamentos, funcionários, vergonha na cara, compaixão, amor ao próximo, e compromisso com a palavra dada.

É a política do pão e circo, mas tem nada não porquê "a Copa do Mundo é nossa e com brasileiro não há quem possa."

domingo, 26 de janeiro de 2014

SENHOR PREFEITO, SEJA PIEDOSO, PELO AMOR DE DEUS, PARA COM ESSAS FESTAS!



Prefeito Luciano Cartaxo, nunca lhe pedi nada, nem o conheço pessoalmente, nunca o vi, mas ouso lhe encaminhar da forma mais humilde, com a alma tocada de tristeza e com o mais agudo desalento (acreditava muito na sua sensibilidade e benevolência, mas não fio mais), a mais comedida e despretensiosa súplica: Pelo amor de Deus, páre com essas festas!



Sr. Alcaide, sou Promotor da Infância e da Juventude na cidade de Bayeux,talvez Vossa Excelência não saiba, mas sou. Quiça esse Burgomestre não tenha ciência, que lá na minha sala, passam dezenas de mães desesperadas, de pais enlouquecidos, com olhares perdidos, desorientados, com a auto-estima destruída, desesperançados, uma vez que filhas e filhos adolescentes, entre os 12 e 14 anos, simplesmente amanhecem o dia nessas suas folganças e outras simplesmente desaparecem, são aliciadas para motéis, arranjam colegas nessas festas e ficam com homens novos e velhos e outras se encharcam de drogas de todos os naipes, mas o Senhor não tá nem aí e eu que pensava na sua benignidade, tô um fosso de desapontamento.


A mídia noticiou, que somente nos primeiros 50 dias do seu mandato, o erário pessoense atirou no lixo (penso desta forma), a estonteante quantia de R$ 1.057.244 e que esse Cacutu desembolsou do dinheiro desse povo pobre e carente, mais de meio milhão de reais para duas bandas de nomes estrambóticos, Natirus e Sambô. Aqui prá nós: se esse dinheiro fosse seu, você contrataria por esse valor esses conjuntos musicais? É óbvio que o senhor balançaria a cabeça negativamente.



Caro Administrante, suas festas estão matando sonhos de famílias simples, uma mãe modesta ao extremo, teve sua filha de 13 anos atraída por um morador de bairro nobre e lá na sua casa, deflorou a quase criança. Ambas estão com impiedosa depressão. Mas o estupro descarado não foi com ninguém próximo, importante! Enquanto estupros coletivos são praticados nas augustas areias, aí onde o superintende máximo adora gastar os recursos que mataria fome, sede e exterminaria vergonhas, isto sem dó e sem compaixão, afinal, não são seus mesmo. Ao tempo que outras mancebas passam dias fora de casa, outras trazem “amigas” para suas casas ao alvedrio dos pais, todas vítimas dos seus festejos (hoje tive que retirar duas de Bayeux e solicitar ao Conselho tutelar que fosse deixá-las em seus aconchegos, onde encontraram mães com as mãos na cabeça) e daí minha meu pirronismo nesse gestor.


A imprensa do nosso sublime torrão nada notícia de políticas públicas para crianças e adolescentes. Quanto dinheiro que poderia abrir oportunidades, criar possibilidades de resgates, de acesso, tornar sonhos acalentados pelos necessitados realidade. Pasmem! gera efeito contrário, pois auxilia essa juventude a cada dia, ébria pelo ópio da sua propaganda e sem visibilidade do veneno que o senhor a oferece, eufórica, se entrega aos prazeres sexuais precoces, às drogas, causando estragos indeléveis em suas vidas e no seio das suas famílias esfaceladas, já que os reflexos dos seus folguedos, repercutem no interior desses lares, cujas faíscas vão afundando-os a cada dia.



Atenda minha simplória petição clamorosa! Rogo! pare com essas festas terrivelmente danosas à construção de uma mocidade sadia, e com essas fortunas, crie eventos educativos por meses a fio para esse público, construa centros da juventude, edifique escolas profissionalizantes de ponta em cada bairro populoso, para atender regiões carentes da comuna, funde a universidade municipal para a pobreza, também eleve com esmero e amor centros de tratamento de dependentes químicos, casas de acolhimento e de passagem para situações extraordinárias de abandono, riscos e vulnerabilidades, forneça transportes de qualidade grátis para participação em eventos culturais, educacionais, de construção de identidade, invente, planeje, projete. 


Fazer festas qualquer pródigo fanfarrão e exibicionista sabe fazer, notadamente quando o dinheiro não é dele.
Imploro! Pare com essas festas! já que elas estão condenando milhares de crianças e adolescentes à desonra, à ignomínia, à infâmia do atraso, do sepultamento de sonhos. Não é sensacionalismo, lhe convido para passar um dia no meu gabinete e verás a violência que são suas farras, pagas com os impostos que deviam servir à esse povo que o comedido e discreto mandatário jurou publicamente tirar das trevas da ignorância e da lama da miséria.

Venha conhecer os adolescentes sem nada, daqui de Bayeux e daí de Jampa, do Valentina, dos Cangotes, dos Rabos das Bestas, das Curvas dos “SS”, das vergonhosas cracolândias bem pertinho do Paço onde o gerente público tem pomposo gabinete, aí bem no coração da cidade de Nossa Senhora das Neves, e nas suas belas praias e sem dúvida, o maioral da administração pessoense se convencerá e cabisbaixo, vencido pelo pudor de nada ter feito por esse segmento, exclamará: “Marinho, você tem razão, quem quiser festa que pague, pois honra, caráter, honestidade, também passa por não se locupletar de divertimentos bancados com o dinheiro da massa famélica e ávida de instrução, e dirá ainda mais: Marinho, onde eu estava que não vislumbrei essas crianças e adolescentes desvalidos, que perdi um ano e nada fiz, nada gerei em seu favor e meus auxiliares também só viram sombras, trevas, não tiveram olhos para vê-los, e então acolherá o meu grito desesperado, mandando parar os descabidos saraus, antes que o descrédito seja geral e mais, dentro da minha reduzida esfera de atribuições, irei responsabilizar sua administração pelos danos irreparáveis causados a esses infantes e às suas famílias dignas dos seus olhares.


Texto de Marinho Mendes Machado

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

DILMA, AS PROMESSAS DE SEMPRE E A REALIDADE CRUEL.



Dilma esteve hoje na Fifa. Disse por lá que os estádios são coisas simples, que teremos em bom nível estradas, aeroportos, portos, etc...  Será que passei um tempo fora do ar? 

Sinceramente, não entendi...

Seria bacana que ela tivesse dito que arrumar a saúde, segurança publica e as estradas do Brasil será uma tarefa fácil, que a transposição do Rio São Francisco vai ser entregue dentro de prazo, mesmo já tendo excedido 04 anos da ultima promessa. 

Dilma, Dilma, olhai por nós!

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

ESSA MULHER LINDA, A SOLIDÃO




Próximo ao ocaso da vida,
percebo ao meu lado esta querida,
minha companheira por tantos temida,
mas aqui tão desejada e entendida.

Vem, não se vá, amada amante,
Fique comigo à noite.
Estou te esperando desejoso e tranquilo,
Vem me marcar de açoite.

Sem você as noites são normais,
As sombras não desesperam
E os zumbidos não assustam mais.

Vem solidão, ainda estou vivo a te esperar,
Sem você já não tem graça, e
Nada sobraria de mim sem você pra conversar.

domingo, 19 de janeiro de 2014

A REFORMA DO ALMEIDÃO

Sou contra investimento público em estádio de futebol, onde só quem lucra são os clubes e dirigentes, mas promessa é pra ser cumprida. Eis parte do investimento público no José Américo de Almeida. Como se observa, nosso imposto servirá não apenas para pintar paredes, assentos de baixa qualidade e placar eletrônico para pequeno ginásio esportivo e olhe lá. Antes, se prometia uma reforma e era oferecido uma "tapinha" caldo de batata. Observei todo o entorno e parte da estrutura do Almeidão. O estacionamento deverá ser usado pelo contribuinte fazer lazer e caminhadas. Vai ficar bacana! 





sábado, 18 de janeiro de 2014

PAGUE IPVA PARA TER DIREITO A PISCINA





                                           Texto de Rafael Teixeira

“Certamente mais uma postagem que os "representantes" não darão a mínima, os babões vão fingir não ver, alguns mais enérgicos ainda tentarão tapar sol com peneira dizendo "meu candidato pintou o meio fio" ou qualquer outra besteira para defender seu "babado" que QUANDO faz, está fazendo apenas sua obrigação. "Pelo menos ele faz" grande merda... enquanto cidadão, não podemos ser elogiados quanto ao pagamento do IPVA "pelo menos ele paga" ... quanto ao IPTU "Pelo menos ele paga" e etc... pagamos cumprindo obrigação e não vemos resultado. .. "representantes" não cumprem suas obrigações, recebem da mesma forma, achando pouco ainda tiram do povo e tem deles que rouba, não devolve e pede que ajudem com doações para ele pagar a multa... OPA... pagar?? Palavra empregada de forma correta mas a multa é referente a DEVOLUÇÃO por tanto o valor está com ele que foi nosso e nós pagaremos de novo? Bi tributação até no roubo... ante tudo isso a inércia dos demais poderes que vêem e não vêem, sabem mas não sabem... sofrem mas vai passar... São realmente independentes? É certo que são harmônicos entre si, isso sabemos "na alegria e na tristeza, na saúde e na doença até que as grades os separem" Hipocrisia...já pensaram quantos anos, gerações, passarão até que o atual quadro se reverta? Certamente que não. E sem esse pensamento, sem as atitudes no agora, este tempo só avança a maior. Pena”.