quarta-feira, 29 de abril de 2015

A MENOR IDADE E OS ÚLTIMOS DIAS DE POMPEIA

Por conta da baderna, Juiz proibiu menor desacompanhado nos shoppings de São Paulo. SBT faz reportagem e entrevistada ainda fica contra, sendo a favor do rolezinho. ...



  • JORNAL DO SBT: Por conta do "rolezinho" um Shopping Center de São Paulo, via autorização judicial, proibiu a entrada de menores de 16 anos desacompanhados dos responsáveis.
  • PESSOA ENTREVISTADA: Desde que encha o Shopping de seguranças eu não vejo problema algum. Inclusive esta medida fere o direito de ir e vir das crianças.
Ainda bem que temos segurança pra viver e que o vulcão nunca engoliu Pompeia.

terça-feira, 28 de abril de 2015

O PT E A FARINHA DO MESMO SACO.

Marta Suplicy desfilou-se do PT e desceu a lenha no partido. O PT, por sua vez, achou bom demais a saída dela e desceu a lenha na Marta. Um lado esculhambou o outro e os dois tem razão. Conhecimento da causa não falta!


CÁSSIO E O FAÇA O QUE EU DIGO, MAS NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO

Cássio Cunha Lima, o democrático Senador, aquele que aponta erros e solução para tudo, não apareceu na reunião da bancada federal da Paraíba com o Governador Ricardo Coutinho, onde o tema foi o desenvolvimento do Estado. É a famosa lei: Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço...


sexta-feira, 24 de abril de 2015

A SOCIEDADE VIVA E MORTA


As vezes fico pensando como um homem honrado que nasceu no início do século passado poderia se acostumar com os dias atuais. Ele que aprendeu com os seus a ser honesto, respeitador, bom esposo e pai, cumpridor das suas obrigações, etc... Digamos que tivesse entrado em coma profundo aos 50 anos e que acordasse agora em 2015. Imagino o choque que sofreria após uma semana de lucidez.
Se sentiria incomodado e excluído. Tudo o que aprendeu foi pra latrina.

terça-feira, 21 de abril de 2015

MANUELZÃO - VEREDAS E SERTÕES



Depois que publicou “Sagarana”, João Guimarães Rosa foi vistar um primo que tinha terras perto do Rio São Francisco. Foi nessa viagem, em 1952, que o escritor conheceu o vaqueiro Manoel Nardy, capataz e cozinheiro das tropas de boiadeiros. Rosa percorria o interior de Minas Gerais para colher histórias e referências para livros futuros. Não abriu mão da companhia daquele magrelinho astuto que trabalhava na fazenda do primo. Ao longo das jornadas a cavalo, o boa-praça Manoel revelou-se mais que um guia de caravanas. Transformou no sábio personagem Manoelzão de “Grande Sertão, Veredas” e “Corpo de Baile”.
Como foi – 1991. Manoelzão morava em Andrequicé, a 200 quilômetros de Belo Horizonte. Fui até lá fotografá-lo, pouco antes de sua morte, aos 93 anos. Personagem como este não poderia deixar de figurar em meu livro “Senhoras e Senhores”, que fiz porque ganhei uma bolsa da Fundação Vitae, de São Paulo. Por ter a fama de ser inspirador e personagem literário dos mais importantes livros de Guimarães Rosa, esperava encontrar um sujeito cheio de empáfia e soberba.
Que nada! Era exatamente o contrário. Poucas vezes vi exemplo de singeleza e simplicidade. Típico mineiro. Retraído. Fala mansa e sobretudo comedido. Franzino, botinas de couro cru, chapéu de palha, caminhava com o auxílio de um cajado de madeira. As longas barbas brancas e o temperamento sereno, faziam lembrar a figura de um eremita.
Quando perguntei-lhe sobre estar chegando aos 90, ele respondeu-me com a sabedoria que adquiriu ao longo de sua vida no interior:
- Gente nova tem força. Gente velha tem jeito.
Orlando Brito

quarta-feira, 15 de abril de 2015

A CIGANA DAS ELEIÇÕES ENGANOU ALGUÉM...

Nada mais emblemático do que o partido de Cássio Cunha Lima fazer auditoria em 40 urnas das ultimas eleições na Paraíba. Esse número virou pesadelo para alguns que já haviam comprado a roupa nova para o dia da posse. Neste caso, deve ser a última forma do PSDB excluir do juízo a derrota no pleito.


domingo, 12 de abril de 2015

A MASSA MANOBRADA E OS "BESTINHAS" DE SEMPRE


O Governo é contaminado por tudo que há de mais danoso ao povo. Grande parte, quase a totalidade, dos que encabeçam esse movimento que houve hoje também é contaminado e podre.
Apesar do grande número de siglas partidárias só existem dois tipos de partidos: o que está no Governo e quer ficar e o que tá de fora e quer entrar pra botar no bolso a chave do erário. O resto é bla bla bla.

E aí, esse País tem jeito?

quinta-feira, 9 de abril de 2015

SE EU PUDESSE ACONSELHAR OS MAIS NOVOS QUE EU



Se eu pudesse deixar um recado para cada jovem deste planeta; escreveria na cabeceira das suas camas, enviaria mensagens aos seus celulares, colaria lembretes por todos os locais por onde andassem que aproveitem a presença firme e amorosa dos seus pais, que escutem conselhos dos seus familiares, que estudem mais, que se empenhem no conhecimento e que respeitem o ciclo da vida. Que nada acrescenta se não houver o amor a Deus, que dinheiro sem trabalho não prospera e que sempre será possível ser honesto e ter sucesso ao mesmo tempo.
Que um dia os pais irão partir, os familiares estarão menos presentes para dar conselhos e o período para o estudo será diminuído pela necessidade da sobrevivência. Que Deus estará sempre presente, mas que o tempo perdido, se houve, não voltará.
A vida é assim!

quarta-feira, 8 de abril de 2015

O CABELO DE PICA-PAU E A "FESSORA" LELÉ DA CUCA



Hoje no Jornal da Correio teve uma reportagem sobre um rapaz que levou um revólver para uma escola, no interior do Estado da Paraíba, e que a arma disparou, mas não feriu ninguém. Até aí, excluindo o fato de um calibre 22 numa sala de aula, tudo bem. Foi quando o repórter Jonas Batista começou a entrevistar uma diretora de uma escola de João Pessoa e perguntou o quê ela achava sobre detector de metal nas portarias para inibir alunos mal intencionados. A dita cuja respondeu que é contra porquê fere o ECA(Estatuto da Criança e do Adolescente). Disse que a "revista" pode gerar constrangimento e trauma emocional.

Mas me diga mesmo; em qual mundo aquela criatura vive? Será que a "fessora" tem coragem de levar um estudante, "dimenor", com cabelo de pica-pau, que anda armado, um verdadeiro "mofi", para dar conselhos na casa dela?

Tá ou não se acabando tudo?


DILMA X PMDB: PARCERIA OU SUBSERVIÊNCIA

Dilma, a melhor do mundo da lua, deu ao PMDB a articulação política do Governo. O partido já tem a presidência da Câmara e do Senado e agora dominou o resto.
Me diga mesmo, isto se chama parceria ou subserviência?


sexta-feira, 3 de abril de 2015